quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Minha Opinião #2

Postado por Livreiro às 22:05
 Como de praxe, quem cria um blog literário já anda maluco por seguidores: “segue meu blog” aqui, “segue meu blog” ali... A prioridade é simplesmente o verbo seguir – tanto é que em alguns murais do Skoob, o termo aparece em negrito ou caixa alta! Isso porque é preferível uma pessoa seguir um blog a visitar e deixar um comentário. Você pode até olhar feio para este fato, mas também pensa ou já pensou assim. Essa ‘sede de seguidores’ acontece com qualquer um que cria um blog literário, não adianta negar.
  Quando se põe um blog na internet, tem que dar o endereço ao maior número de pessoas. O fluxo constante de gente interessada nas postagens é que mantém a página em andamento e dá graça a coisa toda porque, normalmente, um blog sem visitas é o mesmo que um livro parado na prateleira.               Mas a verdade é que os blogueiros dão o endereço e o blog todo! Tentam se ajustar ao leitor e se adaptar ao consumidor em massa oferecendo o que parece ser interesse da maioria. Por isso promovem as delícias, os atrativos e o entretenimento da literatura comercial já sustentada pela publicidade. É uma procura por IBOPE e também, de certa forma, por imagem.
  Percebemos isso quando notamos os blogs por aí suspirando pela modinha. É raro encontrar pelo menos uma nota de rodapé para aqueles livros inesquecíveis dos tempos de neoleitor (vagalume, para ficar com um exemplo célebre). Ao que parece, resenhar um livro infanto-juvenil “fútil” – desses que você encontra na biblioteca pública da esquina – enquanto os outros exibem e se exibem com os lançamentos da hora, acaba por manchar a reputação.
  Pois é mano. O conceito de blog literário hoje está desviado. A idéia agora é status, ser celebridade na internet. Quem corre atrás dos números os alcança rapidinho, mas logo se vê sem capacidade de manter a freqüência dos “posts úteis” e, então, fazem qualquer coisa para não perder a confiança do leitor (mas isso é assunto para outro artigo, em breve).
  E é por isso que os blogs são tão semelhantes. Tudo cópia – se brincar, até o formulário de contato é copiado. Mas o que realmente importa é o conteúdo, o estilo e é isso que falta nos blogs literários. Podemos conquistar os números, mas também há que se pensar num estilo próprio. Tem que se destacar, se diferenciar. Tem que se IN-DI-VI-DU-A-LI-ZAR sem medo que os seguidores e os comentários corram pelo ralo, caso abandone a imagem vendável e assuma o seu eu verdadeiro. Afinal, é nos tempos de maré baixa que a gente vê quem tá nadando pelado!
  Então é isso: blogueiros, fala sério né! Postem o que gostam, não o que acham que vai ser popular.


Obs: Havia prometido na Minha Opinião anterior, que esse post seria sobre os spams, porém o colunista (Noah) do blog escreveu esse texto que eu achei simplesmente íncrivel. O link do blog dele é Braunne.

12 comentários:

Estante Seletiva on 7 de outubro de 2011 23:17 disse...

Olá,
Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
Segue lá também..

http://estanteseletiva.blogspot.com/

Aline Crismel on 7 de outubro de 2011 23:22 disse...

Adorei!
Ainda estou rindo com o cometário inicial do post, rsrsrsrsrsrsr

Gostei muito do seu blog G. Pedro.

αmαndα cristinα ツ on 8 de outubro de 2011 12:50 disse...

É, e com este ótimo post você acabou abrindo os olhos de muitos blogueiros.... :)
Gostei do Braunne, já estou seguindo também!


Beijinhos,
www.primeiro-livro.com

Livreiro on 8 de outubro de 2011 19:27 disse...

Obs: como de costume fiz pequenas mudanças, porém sem tirar a essência do texto.

Méritos ao Noah.

Fernanda - Trilhas Culturais on 9 de outubro de 2011 02:42 disse...

Oie...ameiiiiiiii o texto...super parabéns!!!! E estou seguindo teiu blog porque gostei daqui...gostei do que tu escreveu...há! Não encontrei a relação de arquivos..onde mostra os posts por meses, semanas... abraços e parabens.

João on 9 de outubro de 2011 17:40 disse...

O minha opiniao #02 deveria ser minha opiniao 01, já que não é sua opiniao hehehehehe.
No mais eu gostei da maneira de articular as palavras. O texto ficou legal.

Livreiro on 9 de outubro de 2011 18:13 disse...

Opinião do Colunista #01 (risadas)

A opinião é a mesma, o blog é quase o mesmo.

(risadas)

Obrigado pelos comentários. :)

Anime Daiki on 10 de outubro de 2011 17:57 disse...

Olá...

Venho dar uma passadinha pra saber das novidades (que eu adoro ler) e deixar meu comentário aqui, juntamente venho encomodar um pouquinho você também.

Sobre seu post: UAU adorei esse texto falou tudo nem sei o que comentar referente a ele.

Criei um meme semanal e se você gostar da idéia, eu irei adorar sua participação nele.
A idéia é conhecer um pouco mais dos desejos dos blogueiros e fazer novas amizades.

Meme~> anime-daiki.blogspot.com/2011/10/essa-semana-desejo1.html

Aproveite e de uma espiadinha nas promoções que estão rolando no blog, se tiver alguma que você gosta participe!

Beijos e desculpe o encomodosinho!
@AngelKiller_
Blog: anime-daiki.blogspot.com

Nícolas on 11 de outubro de 2011 11:32 disse...

Eu sei

Livreiro on 11 de outubro de 2011 11:57 disse...

Eu sei? Que é isso rapaz?

Lilo on 18 de outubro de 2011 15:40 disse...

Olá Gabriel como vai?
Concordo em partes com seu texto. Confesso que no início do Redenção eu procurei bastante por seguidores... Hoje não busco mais... Tenho sim procurado postar regularmente e fazer coisas que sejam interessantes... Tanto que os livros que resenhei(só fiz duas resenhas)são sobre o tema que eu amo, e ambos apesar de populares, não são modinha... Mas vc tem razão quando diz que devemos nos preocupar menos em sermos populares... Enfim, assunto polêmico esse heim! rsrsrrs
Bjos e sucesso.
Lilo
Redenção

Nícolas on 18 de outubro de 2011 16:52 disse...

Olá @Lilo
Realmente, acho que há outros números para se prezar do que a quantidade de seguidores. Principalmente porque número de seguidores não justifica número de comentários. E quando fazemos aquela troca de favores (segue que eu sigo de volta) estamos apenas adicionando uma carinha a mais no gadget de seguidores e só!
E, como vc disse, devemos postar sobre o que gostamos. E nesse caso tenho que postar uma retratação: às vezes,o que gostamos também pode ser popular. No meu caso, o que gosto não é popular, e foi por isso que mencionei no post.
Ademais, é isso mesmo: não devemos se preocupar tanto em ser popular, porque isso implica em uma dosagem inadequada: quando todos os blogs só postam sobre chick lit, livros mais vendidos e literatura vampiresca, porque vai gerar visualização de página, a blogosfera literária fica saturada. Deveríamos mesmo postar sobre um clássico ou literatura nacional para quebrar toda essa babação de ovo em cima dos best-sellers.
Enfim.
e obg pela participação

Postar um comentário

O seu comentário é importante para nós. Comente. :)

 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos