domingo, 31 de julho de 2011

Promoção #1

Postado por Livreiro às 12:42 4 comentários
 Porque não começar a nossa primeira promoção com 51 prêmios:


- 04 Certificados de Vencedores do 1º Desafio de Contos do Multiverso
- 06 “Crônicas dos Senhores de Castelo” – G.Brasman e G. Norris
- 06 “Piadas Nerds” – Paulo Pourrat, Ivan Baroni e Luiz Giolo
- 06 “A Batalha do Apocalipse” – Eduardo Spohr
- 04 “A Ira dos Dragões” – Estus Daheri
- 02 “O Segredo da Guerra” – Estus Daheri
- 03 “O Vale dos Anjos” – Leandro Schulai
- 01 “Adorável Noite” – Editora Estronho
- 01 “Extraneus Vol. 2 Quase Inocentes” – Editora Estronho
- 01 “Lázarus” – Georgette Silen
- 01 “Draco Saga” – Fábio Guolo
- 01 “Baronato Shoah” – José Roberto Vieira
- 01 “Tristão e Isolda” – Helena Gomes
- 01 entrevista com um dos personagens do livro I das Crônicas dos Senhores de Castelo.
- Publicação da segunda parte de um conto escrito por GBrasman e GNorris. Nota: a primeira parte será divulgada pelo blog “Sobre Amores e Livros”.
- Produtos da www.lojanerd.com: 04 vales de R$15, 02 vales de R$10 e 06 adesivos.


 Participar é muito fácil, você só deve criar um conto com dois personagens do livro Senhores do Castelo, Kullat e Thagir (você pode adicionar mais se assim desejar) e clicar AQUI, colocar seu conto, inscrever seus dados, e na hora de colocar o BLOG QUE REPRESENTA selecione a opção vigésima oitava (28- O Livreiro). 
  Mas antes de se inscrever me contate (no formulário para contato na aba Contato) para eu lhe dar algumas dicas e ajudas.


 Obrigado e boa sorte para todos. 

sábado, 30 de julho de 2011

Trecho da Semana #2

Postado por Livreiro às 18:39 2 comentários
  Ela colidiu com o solo, aos gritos. Deitado, eu contemplei o céu lúgubre. A chuva caia sobre meu rosto. Logo atrás, a quimera debatia-se em uma espasmódica dança da morte.      

 Levantei-me para prestigiar os instantes finais de meu adversário. O sabre penetrou fundo e o sangue jorrava da ferida, diluindo-se com a água da chuva. Trovões retumbavam.



Diretamente da Página 13 - O Voo de Icarus

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Lançamentos #2

Postado por Livreiro às 12:51 6 comentários

 Uma capa maravilhosa, para um livro maravilhoso. Esta capa é a que tende a ser a capa final do Dragões de Éter versão portuguesa. 
  Como já sabem, eu sou um fã do Raphael Draccon,  e criei esta postagem, simplesmente para lhe parabenizar por chegar onde poucos brasileiros escritores conseguiram chegar, o sucesso.
   Não que esteja dizendo que a literatura brasileira não tenha seus escritores, aliás até acredito que o século XXI é o século da literatura brasileira, embora os padrões ainda não cheguem perto dos estrangeiros, tal pela falta de interesse do brasileiro na literatura. 
  Enfim, parabéns a todos os escritores que ajudam não só o Brasil, e sim o mundo.




 Aliás créditos ao Sobre Livros e ao site oficial do Raphael Draccon.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Fahrenheit 451 #Resenha

Postado por Livreiro às 14:52 4 comentários
 Esta resenha, não terá sinopse pelo simples fato dela estar inclusa na própria.Enfim:

 O livro conta uma breve história da vida de Guy Montag, um bombeiro em um mundo futurista, onde as funções de bombeiros não são apenas apagar o  fogo, e sim começa-los.E começa-los de uma forma estranha, queimando livros.

 Clarisse é sua vizinha adolescente que tem idéias muito revolucionárias e inocentes ao mesmo tempo, mesmo que isso se torne uma redundância, e que lhe faz parar para pensar, em que lugar está seu mundo, onde as pessoas não conversam verdadeiramente, onde debaixo de cada rosto se vê  uma angústia reprimida.                                                                                   

O trecho inicial é bastante arrastado, como o de Metamorfose de Kafka.  Suas escolhas começam a mudar, e sua forma de pensar mais ainda. Enfim, vale a pena ler, se você conseguir passar pelo início lento e confuso. Traz uma mensagem para se pensar, sobre a influência nos meios de comunicação até mesmo sobre a falsa alegação do politicamente correto, censura, entre outros.

 Talvez, esta resenha não tenha ficado tão clara quanto as outras, acho que o motivo é a própria reflexão, a reflexão varia de pensamento em pensamento, e eu não consigo saber que reação esse livro irá causar em cada pessoa, como os demais livros do gênero, o importante é reconhecer grande parte, ou todas as criticas escondidas entre as mascaradas linhas deste maravilhoso livro.


 Autor: Ray Bradbury
 Editora: Globo
 Nota: 5 de 5

terça-feira, 26 de julho de 2011

Blog Premium #1

Postado por Livreiro às 16:07 5 comentários
Acaba de ser lançada a nova coluna do blog, Blog Premium, é uma coluna quinzenal, em que postarei, um blog escolhido por mim para ser divulgado. E hoje, como é o primeiro, divulgarei o blog de uma grande amiga minha. Amanda Cristina.


 Nome: Primeiro Livro
 Seguidores: 1923
 Visualizações: 38.121
 Postagens: 296


 Porque o blog figura nessa coluna?
 Uau! Vocês já perceberam que esse blog é adorável e ao mesmo tempo MUITO SIMPLES. 


 O que mais gosto no blog?
 O Layout.


 Então é isso aí, conforme for passando o tempo, essa coluna se desenvolverá mais, e quem quiser que seu blog apareça aqui, deixe seu blog e e-mail aqui embaixo como comentário. 


 Obrigado. 

domingo, 24 de julho de 2011

O Ateneu #Resenha

Postado por Livreiro às 19:10 1 comentários
Sinopse:

O Ateneu constitui uma das obras-primas da literatura brasileira. Autobiográfico, o livro mostra o jovem autor como personalidade sensível que se transformou em crítico impiedoso do que viveu e viu na adolescência passada no colégio interno. A obra retrata o doloroso processo de transição da infância à idade adulta.

Resenha:

Bem, sempre posto resenhas de um lado de vista mais profissional e não tão emocional, mas para toda regra existe uma exceção, e esse livro só virou exceção pelo tanto que me atingiu a inocência de seu personagem principal.
Sérgio tem de ficar em um internato, internato que acredito ser o espelho da sociedade que é exatamente o que o livro retrata.
 O Ateneu, um mundo em redoma, sujo e podre que fala de sentimentos e intenções, acaba com qualquer boa expectativa do menino Sérgio, que tem que se adaptar ao sistema. Cada aluno, do meu ponto de vista, carrega um ódio em seu coração, trancafiados em uma esfera tendo que lutar por suas vidas, sem afeto e amor, eles acabam recorrendo a si próprios, e isso deixa a trama da vida de Sérgio ainda mais triste. A ideia da história era falar sobre as falhas educacionais e como elas atingiam os alunos e da sociedade.
 Alguns dizem que Raul Pompéia era o Sérgio, vice-versa, e realmente eu acredito nisso, pelo simples, porém tocante motivo do carinho que trata o pequeno rapaz, nas suas belas e doces palavras.
 Enfim, peço desculpas aos fãs dessa maravilhosa obra prima, por ter achado-a ruim no começo, estava olhando com olhos leigos, só depois de pensar e repensar, que percebi que ele fez essa obra em 1888, no período imperial, e denuncia os internatos, que eram controlados pelo jesuítas,ou se preferirem, os padres, isso foi uma grande denúncia senão a maior brasileira, um dos favoritos favoritos. Uma pena que tenha se suicidado aos trinta e dois anos.

Raul Pompéia tiro-lhe meu chapéu. Você mudou meus conceitos.

sábado, 23 de julho de 2011

Trecho da Semana #1

Postado por Livreiro às 20:14 0 comentários
—Não gostou de nenhuma camisa? – perguntou Eddie.
 —Como disse? – o rapaz negro afastou os olhos do quadro de partidas da American Airlines que fingia examinar.
 —Achei que talvez estivesse procurando uma com as inscrições POR FAVOR, DÊ UMA FORÇA, SOU FUNCIONÁRIO DO GOVERNO AMERICANO – disse Eddie, e continuou andando.

Diretamente da Página 98 - A Escolha dos Três

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Entrevista com o Autor #2

Postado por Livreiro às 11:57 3 comentários
Nossa segunda entrevista com o autor G. Norris, autor do livro As Crônicas dos Senhores de Castelo, junto de seu amigo G. Brasman ( que deu uns pitacos, na entrevista, já fizemos uma entrevista com ele também). Obrigado, por essa gentileza. Então é isso aí, aproximando cada dia mais leitores e autores. Vamos a entrevista:


Com que idade você começou a escrever e o que lhe motivou para iniciar a escrita de um livro?

Escrevo contos há um bom tempo, desde a adolescência. O que motivou a escrever foi mais a vontade de ler mais ficção fantástica, novas histórias e coisas diferentes.

  No livro Senhores do Castelo como surgiram tantas personagens?

Nunca me preocupei com a quantidade de personagens, mas sim com o que cada um deles agregaria na história. Como o Brasman falou, a coisa fui naturalmente. No livro II, tem dois personagens que gosto muito e que apareceram porque a história precisava deles. Assim, fica fácil, né?

 Qual a personagem que mais lhe cativa na sua obra?

 Eu gosto muito do Kullat e do Thagir. Principalmente da amizade entre eles. São poderosos, sábios e divertidos (o Kullat, com certeza). Heróis definidos, lendas do Multiverso, são eles que me inspiram mais.

Qual a sensação de ter seu livro publicado e ter sido um dos maiores sucessos de venda juvenis do Brasil?

Realmente um grande desafio. Eu sinto que temos muito ainda a fazer, mas que estamos no caminho certo.

Que livro atualmente, você indica para leitura?

 Ira dos Dragões é um dos melhores livros que li de ficção fantástica. Além dos já citados pelo Brasman, indico também coletâneas de Contos do Flavio Moreira da Costa, a serie A Torre Negra do Stephen King e qualquer coletânea do Calvin & Hobbies, de Bill Watterson (meu livro de cabeceira rs).

 
 Além das Crônicas dos Senhores de Castelo ( e suas continuações ), você tem planos para outros livros?

Temos sim, mas os Senhores de Castelo são realmente o foco agora. Mas no livro II vocês poderão ter um gostinho a mais (sem spoilers hehehe. Aguardem.

 Como foi o processo para achar uma editora que publicasse seu livro?

Suado é a palavra correta. Avaliamos todas as alternativas possíveis, desde auto-publicação, livro sob demanda, importação, parceria, virtual ... enfim, todas mesmo. Mas como achávamos o projeto muito bom, continuamos a procurar pessoas que acreditassem no Multiverso assim como nós. Até que um dia um editor nos contatou e quis investir no nosso trabalho. Daí para frente, a história é conhecida: o livro teve uma excelente receptividade e , em menos de um ano, fomos convidados a fazer parceria com a maior editora da América Latina.

Você gostaria que seu livro virasse filme, ou acha que o cinema brasileiro não iria conseguir passar ao telespectador a intensidade da sua obra?

Realmente não conheço nenhuma produtora brasileira que pudesse dar forma ao filme como imaginamos, por sem uma obra muito rica em efeitos especiais. Mas estamos animados com a possibilidade de uma animação.
 Você poderia deixar ao menos uma frase do novo livro que você está escrevendo?
Eu vou dar mais um spoiler rápido, lembrando que o Brasman deu outro na entrevista anterior.  ”...antes que Kullat pudesse ajudar, uma rajada violeta atravessou seu corpo, rasgando sua roupa e causando dores horríveis.  Mesmo seu manto espectral, capaz de protegê-lo de grandes ataques, estava em retalhos.....” ...  Curiosos? Acreditem, isso é a ponta do iceberg hehehe.

Você estará na bienal de São Paulo em 2012?

Com certeza! Estaremos lá sim.

 Qual dica você deixaria ao leitor que pensa ou está criando um livro?

É isso aí. E quando falarem que seu texto é ruim, escreva mais e mais. Não desista.

 Obrigado por conceder a entrevista e pela atenção dada a esse garoto que ama incondicionalmente os livros. São autores como você que conseguem aproximar cada vez mais autores e leitores. Sucesso sempre.

Valeu mesmo. Esperamos os emails de vocês. Algumas coisas do Livro II foram baseadasno feedback que recebemos de vocês, por isso, escrevam, opinem, sempre que quisserem. Forte abraço a todos.                                                         

 Att. G. Pedro

terça-feira, 19 de julho de 2011

Como se Livrar de um Vampiro Apaixonado #Resenha

Postado por Livreiro às 17:34 4 comentários


Autora: Beth Fantaskey

Gênero: Ficção
Ano: 2010
Total de Páginas: 304
Editora: Sextante 












RESENHA

O livro narra a história de Antanasia Dragomir (Jessica Packwood) que levava uma vida normal com sua família que a adotou quando criança. Seus planos eram os mesmos de qualquer adolescente de sua idade: conseguir uma bolsa de estudos para a faculdade, namorar Jake (seu colega de classe) e ganhar a olimpíada de matemática. Porém, Lucius Vladescu aparece com a desculpa de estar fazendo um intercâmbio. Ele diz ser um vampiro e que Antanasia também é. As famílias eram rivais e assinaram um pacto, em que os dois jovens iriam casar-se quando fossem maiores selando assim, a paz, entre as famílias.
Mas, Antanasia não acredita nessa história alegando que vampiros não existem.  O tempo passa e ela dá o primeiro beijo em Lucius. A partir deste beijo, ela começa a sentir ciúmes dele quando o vê com Faith (a líder de torcida esnobe).
Antanasia se vê apaixonada por Lucius, mas já é tarde demais: o garoto voltou para Romênia.
Antanasia irá para Romênia cumprir o pacto e selar a paz ou ficará no interior da Pensilvânia com sua família e deixará a guerra entre as famílias recomeçar?

Uma das coisas que me encantou de primeira foi a capa: Magnífica! No começo achei que fosse um guia (Como se livrar de um vampiro apaixonado: você deve...). Comecei a ler e me apaixonei pela narração! Como é contado por Antanasia, temos as mesmas dúvidas, como ela. Sofremos, amamos, choramos... Um livro fantástico! Há partes engraçadas também! Recomendo! 

 Obs: Como ando muito ocupado, esta resenha é de uma amiga blogueira minha, Amanda Cristina do blog Primeiro Livro, então está aí seus devidos créditos. Obrigado.

domingo, 17 de julho de 2011

Portal das Sombras #Resenha

Postado por Livreiro às 11:32 2 comentários
Um livro formado por treze contos, eis aqui um resumo de todos:


1º Conto: O Homem de Preto- Conta a história de uma profecia de Nostradamus, e quem observa tudo é Samuel, perdido em uma noite muito estranha onde pensa estar vivenciando um pesadelo, perseguido por um homem muito estranho, vestido de preto.


2º Conto: Voltando no Tempo - Conta a história de Alexandre que viu morta sua esposa no passado, e que agora tem a chance de mudar isso.


3º Conto: Em busca de Khamon- Narra a trajetória de Zen em procura da cidade Iluminada da procura de harmonia.


4º Conto: Lágrimas de Sangue- Conta a História de Carol e suas estranhas lágrimas de sangue.


5º Conto: O Deus do Mal- Um grupo de pesquisadores foram enviados para buscar uma equipe de índios, e acabaram encontrando algo muito pior, aterrorizante.


6º Conto: O Invasor- Conta a história de um ser que foi convocado a Terra e esta a soltas por aí dominando as almas das pessoas.


7º Conto: Tabuleiro Ouija- Conta a História de três amigos,Tiago, Cristiano e Juliano e sua experiência desadoradora com a tabua ouija.


8º Conto: Olhos Vermelhos- Vampiros á soltas. Fujam para as colinas (risadas).


9º Conto: O Assassino Noturno - E se você fosse algo e não soubesse o que?


10º Conto: O pajé - Conta sobre a vida e medicinas indígenas. 


11º Conto: O caçador de Fenômenos- Conta a História de um parapsicólogo que procura fenômenos e os descobre.


12º Conto: O fantasma- Conta a História de Gabriel atormentado por um Fantasma que desejava muito sua morte.


13º Conto: Ilusões- Nazismo e torturas estão sempre abaixo de seu nariz.


 São treze contos atormentadores. Mas sempre com alguma moral,  eu que nunca havia lido um livro de terror eis aqui o que fiz. Fui para o canto da sala e comecei a ler lá, assim só precisava olhar para frente. (risadas)
  Obrigado ao Gaston Stefani por ter me enviado o livro e me ter entregado a chance de descobrir que o século XXI perante a literatura é dos brasileiros. Parabéns, são autores como você que aproximam cada vez mais, os universos dos autores com o dos leitores.


 Editora: Ibis Libris
 Autor: Gaston Stefani

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Só tenho uma coisa a dizer

Postado por Livreiro às 21:14 0 comentários

Adeus Harry Potter

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Resenha em Vídeo

Postado por J. Carl às 19:17 2 comentários


O livro a seguir figura na minha lista de favoritos. Já li três vezes, e os outros três livros da série detém o marcador de "extremamente desejado" na minha página do Skoob. Ah! e trata-se de um livro meio desconhecido, da literatura nacional. Não achei nenhuma resenha na web, incluíndo o Skoob! :( Por isso estou encarregado dessa missão!


Mas deste vez, criei uma resenha diferente, interativa, e também pra testar essa ferramenta que encontrei no bits e bytes da rede (de uma dica do Link Brasil)! A mesma encontra-se abaixo, como podem conferir:






terça-feira, 12 de julho de 2011

Lançamento de Mockingjay

Postado por Livreiro às 09:57 3 comentários

A Editora Rocco anunciou em seu Twitter o titulo do último livro da série Jogos Vorazes de Suzanne Collins. Ele irá se chamar A Esperança ( Mockingjay ) e tem lançamento previsto para final de agosto.
E logo após, em 23 de março de 2012, a adaptação cinematográfica de Jogos Vorazes estréia nas telinhas de todo o Brasil.



segunda-feira, 11 de julho de 2011

Em Chamas #Resenha

Postado por Livreiro às 15:53 0 comentários
 Quando terminei Jogos Vorazes aquela velha e conhecida sensação de ansiedade me atormentou durante dias, eu achei que quando lesse Em Chamas, essa sensação iria finalmente passar.
 Enganei-me, só aumentou ainda mais, preciso desesperadamente do livro Mockingjay.
Novamente Collins nos aprisiona no seu universo enigmático e revolucionário chamado Panem.
Nessa eletrizante história, Katniss tem de sobreviver a represália da Capital, após descobrir que o ato dela nos últimos Jogos Vorazes foi tomada como uma revolução pelos rebeldes, ela finalmente terá de fazer suas escolhas.
   
Novos desafios, novos inimigos, novos segredos escondidos. A face de Katniss é o tordo da revolução.
Não deixe o relógio passar antes da hora, vá agora ler Em Chamas, pois a autora consegue nos surpreender em cada capítulo.
 E para aqueles que gostam de espiar a última página, não façam isso, vocês terão um trauma.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Código da Vinci #Resenha

Postado por J. Carl às 18:29 9 comentários


Saudações literárias.
É a primeira vez que posto aqui no blog, como colunista convidado. (Apresentações no final) E, dessa vez, trago uma resenha de um livro que qualquer um já ouviu falar em tudo quanto é canto. Envolveu muito empenho e pesquisa e por isso merece ser um Best-seller tão facilmente quanto derrubaria o conceito de que livro mais vendido não presta (vide Paulo Coelho). Dessa vez, porém, é diferente. O código da Vinci simplesmente supera o título de livro comum.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

A Cabeça do Décimo Terceiro #1

Postado por Livreiro às 09:38 4 comentários
 Prólogo

—Você sabe que nunca mais vai ver o pôr do sol se disser não?
—Nunca gostei do pôr do sol.
—Nunca mais vai ver a vida.
—Depois de tantos milênios acho que já enjoei dela.
—Então a resposta é não?
—Sim, demônios devem ficar onde sempre estiveram.
—Mesmo que para isso tenham de morrer muitos soldados, pais de família?
—Não venha com sentimentalismo, você mesmo já matou mais do que se consiga contar.
—Matei por que tinha honra.
—Honra pelos demônios.
—Honra é honra não importa de onde venha ou se dirija.
—Isso não é problema meu.
—É mais do que você imagina, muito mais.
—Se eu aceitasse, qual seria meu papel?
—Não se faça de bobo, você sabe que para abrir um portal é preciso dos Treze.
—E o que eu ganharia?
—Honra.
—Por você ou pelo demônio?
—Minha, mas se serve para consolá-lo eu já fui um demônio.
—Quando será?
—Na noite mais longa do ano.
—O demônio vai precisar sugar forças, quem serão os atributos?
—Prisioneiros de guerra, humanos imprestáveis.
  Décimo Terceiro virou, abriu suas asas brancas afiadas, tinha asas, tinha coração, não era um anjo, na verdade estava muito longe disso.       
   Chegou ao que ele chamava de casa, e iria dormir, não por necessidade, poderia ficar milênios sem dormir, como fizera em tempos remotos, na época que anjos e demônios ainda dominavam a terra. Foi dormir, e um rápido pensamento lhe passou á cabeça, essa poderia ser a última noite que conseguiria dormir bem, e ele tinha razão. Pensou que algo muito ruim estava para acontecer. Ele acertou.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Entrevista com o Autor #1

Postado por Livreiro às 12:03 1 comentários

  
G. Brasman, autor do livro As Crônicas dos Senhores do Castelo, junto com G. Norris, nos concedeu uma entrevista, nossa primeira entrevista. Autor de um dos livros mais famosos da literatura moderna brasileira. Obrigado Brasman.




 Com que idade você começou a escrever e o que lhe motivou para iniciar a escrita de um livro?
Comecei a escrever aos 5 anos, quando fui alfabetizado ... brincadeira! Comecei a escrever "literatura" por volta dos 12 anos, ainda na escola, por que gostava muito de histórias fora do comum e, depois de ler alguns livros como Robson Crusoé e Eu Robô, senti uma vontade louca de escrever algo diferente. Então comecei a brincar de criar histórias. 

 No livro Senhores do Castelo como surgiram tantas personagens?
Tudo nos Senhores de Castelo surge conforme a necessidade da história. Algumas personagens são importantes para a história toda (como o Kullat por exemplo). Outros são necessários em algum momento específico, como Paes e Eses. O interessante é que a coisa flui naturalmente, sem que precisemos forçar nada.

 Qual a personagem que mais lhe cativa na sua obra?
Como autor, há vários personagens que temos um carinho maior. Outros, são criados pensando em alguém ou em uma situação. Especificamente do livro I, eu gostei do Zíngaro. Foi algo que surgiu de um desafio e ficou maneiríssimo. Dá até vontade de escrever mais sobre eles. 

 Qual a sensação de ter seu livro publicado e ter sido um dos maiores sucessos de venda juvenis do Brasil?
Sensação de que o primeiro passo foi vencido. Ser publicado no Brasil, atualmente, é um grande desafio. E ser sucesso de público é aqui neste país é um privilégio para poucos. Felizmente o livro I dos Senhores de Castelo é um sucesso, o que nos dá base para os próximos passos: continuação da saga e lanlamento de outros projetos do Multiverso Expandido, como os "Blogs do Multiverso" e o "1º Desafio de Contos do Multiverso" (no site www.srcastelo.com tem mais informações).

 Que livro atualmente, você indica para leitura?
Eu gostei de vários: a Ira dos Dragões é brasileiro e tem ilustrações do desenhista oficial do Senho dos Anéis (show!). Tem também o Vale dos Anjos do Schulai (outro brasileiro que tem futuro na literatura nacional). Gosto bastante de ficções juvenis, como Sou o Número 4, Percy Jackson e Harry Potter. Mas também gosto dos clássicos do Isaac Asimov.

 Além das Crônicas dos Senhores de Castelo ( e suas continuações ), você tem planos para outros livros?
Vixi! Que bom seria se tivéssemos tempo para tantas coisas que queremos contar. Temos vários projetinhos na gaveta. Mas por enquanto, o foco são os Senhores de Castelo.

 Como foi o processo para achar uma editora que publicasse seu livro?
Suado é a palavra correta. Avaliamos todas as alternativas possíveis, desde auto-publicação, livro sob demanda, importação, parceria, virtual ... enfim, todas mesmo. Mas como achávamos o projeto muito bom, continuamos a procurar pessoas que acreditassem no Multiverso assim como nós. Até que um dia um editor nos contatou e quis investir no nosso trabalho. Daí para frente, a história é conhecida: o livro teve uma excelente receptividade e , em menos de um ano, fomos convidados a fazer parceria com a maior editora da América Latina.

 Você gostaria que seu livro virasse filme, ou acha que o cinema brasileiro não iria conseguir passar ao telespectador a intensidade da sua obra?
Atualmente não conheço nenhuma produtora que tenha condições, técnicas e financeiras, para conseguir reproduzir o que imaginamos em formato de filme. Por isto, estamos buscando uma parceria com alguma empresa que queira se unir a nós em um projeto de animação, onde com certeza, conseguiríamos atingir um grau de qualidade necessário.

 Você poderia deixar ao menos uma frase do novo livro que você está escrevendo?
Ahhhh SPOILER então? Aí vai um pedacinho: "Há milênios os túneis e cavernas daquele complexo de vulcões são utilizados como seu ninho, onde centenas de animais protegem sua única rainha. Como ela coloca apenas um ou dois ovos a cada século,..." tcham tcham tcham tcham ... por ora não abro mais minha boca virtual rsrsrs

 Você estará na bienal de São Paulo em 2012?
Com certeza. Apesar de não ser tão perto, vou lá desde 2008! Vou, nem que seja apenas para passear!

 Qual dica você deixaria ao leitor que pensa ou está criando um livro?
Dica 1: escreva. Dica 2: escreva mais. Dica 3: se quiser publicar, corra atrás! Pode ser difícil, mas não é impossível!

 Obrigado por conceder a entrevista e pela atenção dada a esse garoto que ama incondicionalmente os livros. São autores como você que conseguem aproximar cada vez mais autores e leitores. Sucesso sempre.
Eu que agradeço pelo contato. São pessoas como você que nos fazem ser o que somos. E, além do mais, adoramos trocar idéias com os leitores e, sempre que podemos, respondemos aos emails/twitters. Se alguém quiser pode nos achar em contato@srcastelo.com ou no twitter: @GBrasman @G_Norris. Abraços!

                                                                        Att.  G.Pedro

domingo, 3 de julho de 2011

Nas Mãos do Leitor #2

Postado por Livreiro às 11:44 2 comentários
   Você já quis ler um livro, mas não tinha ninguém que te incentivasse? Que te desse uma boa resenha para te deixar maluquinho pelo livro?


 Esta época acabou. Eu posto aqui uma sequência de livros e os leitores postam os comentários aqui embaixo dizendo o livro que quer resenhado e o livro mais votado, o gostoso garoto aqui terá de ler e dar uma resenha no prazo de 20 dias. Então... a cada vinte dias eu escreverei uma resenha que vocês escolherem. O último escolhido foi O Pistoleiro que postarei a resenha nessa semana:


 E os livros são:


 Interligados - Gena Showalter
 Em Chamas - Suzanne Collins 
 Até mais e Obrigado pelos Peixes - Douglas Adams
 O Último Reino - Bernard Cornwell

The Beatles

Postado por Livreiro às 11:40 2 comentários
Enquanto o mundo dos livros deu uma pausa, vamos falar sobre o ex-beatles e baterista da banda: Ringo Starr, 


 Ringo Starr confirma uma turnê no Brasil em Porto Alegre (10), Rio de Janeiro (15), Belo Horizonte (16), Brasília (18) e Recife (20).O repertório das apresentações promete misturar antigos sucessos do lendário quarteto de Liverpool com canções da carreira solo de Starr. Clássicos como 'With A Little Help From My Friends', 'Yellow Submarine' e 'Don't Pass Me By' não devem ficar de fora do set list.


 Sim, é minha banda favorita e as minhas músicas favoritas são:


 Yesterday, Help, I Need to Tell You , In My Life, Imagine, Here Comes The Sun.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Sorteios #Eu quero

Postado por Livreiro às 16:49 2 comentários
 Meu blog anda tão sem sorteios, mas isso acabou, nas próximas semanas, quando o blog estiver de cara nova, pressionem o Noah para isso, faremos alguns sorteios. Enquanto isso, vou dar algumas dicas.


 O primeiro sorteio será de um livro brasileiro, ele é pequeno, cerca de noventa páginas, o autor tem Skoob e escreve terror-suspense.


 Tentem adivinhar,todos que adivinharem aqui nos comentários, ganhará uma nova chance no sorteio, ou seja, mais chances de ganhar.


 E com certeza, sigam o blog.
 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos