terça-feira, 27 de setembro de 2011

O Iluminado #Lançamentos

Postado por Livreiro às 15:48 3 comentários
 Como já foi dito aqui não gosto de postar lançamentos, tanto que com quase três meses de blog, só postei quatro lançamentos, mas alguns não posso ignorar.
  Estava lendo, como de costume, o Sobre Livros, quando reparo uma matéria sobre Stephen King e seu clássico Iluminado. Ao decorrer da leitura, reparo novamente a notícia de uma continuação oficial de O Iluminado.
 Como infelizmente não tive a oportunidade de ler O Iluminado retirei um trecho da notícia.


"Ao que parece na sequência seguiremos Danny Torrance já adulto trabalhando em um hospital que ajuda doentes terminais a morrerem de uma forma menos dolorosa e em paz. No enredo há ainda um grupo itinerante de vampiros psíquicos chamado “The Tribe“, trecho lido por Stephen King na universidade"    
                                                                 Trecho retirado do blog Sobre Livros.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Minha Opinião #1

Postado por Livreiro às 18:45 19 comentários
"Pois é. Tá cheio de blogs por aí, com um montão de seguidores e um montão de editoras parceiras. Mas se for contar nas resenhas, acabam quebrando a cara!”, comentou livre, risonha e espontânea. Tempos depois, receberia a réplica “Com que moral você diz isso? Tipo assim: todos os blogs literários escrevem resenhas exatamente como você escreve. E quando não igual, também não ficam lá muito longe. Fora os que se inspiram no seu estilo e a ti, admiram.” (Trecho retirado do blog Braunne)”

 Enfim, porque criar um post inovador, se é muito mais fácil, copiar um qualquer e mudar algumas palavras. A blogosfera é cheia de blogs iguais e sem criatividade nenhuma, o que você encontra em um blog encontra em outro com uma frase a menos.

Odeio ainda mais aqueles que dizem que “Fazemos tudo pelo leitor”, deixamos de ser hipócritas, você pode até se interessar pelo leitor, pois é ele que sustenta seu blog, mas é muito difícil você se preocupar mais com ele do que com si próprio.

E existe também os sem opinião própria, vou dar um belo exemplo, pegue cinco blogs dos quais você segue, e procure por A Esperança, se pelo menos três destes tiverem uma tag sobre, você pode aceitar que estou com a razão. E se existir mesmo esse número, peço que você leia os três, (ou mais) e me diga se as palavras não são parecidas.

E é exatamente por isso, que não posto todos os lançamentos, geralmente nem os posto, para não cair na mesmice de todos os blogs, tem alguns ainda que agrupam os lançamentos, em fotos. Voltamos ao ponto de “furtar” as palavras e somente modificar.

E o tipo vendável, o qual é fácil achar, geralmente é aquele que seu blog não tem essência e que só está ali para ser vendido. São os que dizem comente na minha resenha e concorra a um marcador. Comente em minha resenha e ganhe dois formulários na próxima promoção.

Todos as citações, e todas as frases citadas aqui podem ou não ser fatos, ou seja, podem ou não realmente ter ocorrido. Não digo que todos os blogs não são dignos de créditos, e sim que pela blogosfera encontramos blogs idênticos, e os que são diferentes são os que fazem sucesso.

Pode ser que tenha escrito uma calúnia, ou tenha errado em dar minha opinião em certas partes. Mas essa, como já disse e torno a repetir, é a minha opinião, deixa a sua nos comentários.

Obs: Sinta-se livre nos comentários para discordar. E se gostar ou quiser saber mais de minhas opiniões siga o blog e (ou) inscreva-se no feed. O próximo Minha Opinião falará sobre os polêmicos spams.

sábado, 17 de setembro de 2011

O Trono de Fogo #Lançamentos

Postado por Livreiro às 12:25 5 comentários

  Sinopse:Os deuses do Egito Antigo foram libertados, e desde então Carter Kane e sua irmã, Sadie, vivem mergulhados em problemas. Descendentes da Casa da Vida, ordem secreta que remonta à época dos faraós, os dois têm poderes especiais, mas ainda não os dominam por completo – refugiados na Casa do Brooklin, local de aprendizado para novos magos, eles correm contra o tempo. Seu inimigo mais ameaçador, Apófis, está se erguendo, e em poucos dias o mundo terá um final trágico.



A editora Intrínseca publicou pelo twitter a data de lançamento do livro Trono de Fogo (continuação da Pirâmide Vermelha), que será dia 17 de outubro.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Informa Livros #1

Postado por Livreiro às 11:07 1 comentários
 Sinopse: Theodore Boone tem 13 anos, vive com os pais e sonha em se tornar um grande advogado quando crescer. Mas quando se vê envolvido no centro de um terrível assassinato, ele descobre que o tribunal está mais perto do que imaginava. Um perigoso assassino está prestes a ser libertado e Theo é o único que sabe a verdade. Os riscos são grandes, mas o jovem não vai desistir enquanto a justiça não for feita.


 Este foi o primeiro livro do mundialmente falado John Grisham.


  Olá, Informa Livros será uma coluna semanal que será postada todas as sextas. Nela, não informarei lançamentos, e sim livros desconhecidos, ou quase desconhecidos. E o livro dessa semana foi: Theodore Boone - Aprendiz de Advogado

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Memes# 03

Postado por Livreiro às 19:35 2 comentários
   Recentemente recebi um meme musical, coisa que achei muito interessante para mim, principalmente pelo belo motivo de não ter grande senso musical. Se preparem então para ouvir nomes de músicas e bandas totalmente desconhecidas, e algumas muito antigas...
  
1. Seu cantor favorito:  Jack Johnson 

2. Sua cantora favorita:  Alice Cooper

3. Uma banda e/ou um grupo:  The Beatles e RHCP

4. Uma música que te marcou no:  

Passado: Hot Mess - Cobra Starship
Presente: Ameno - Era

5. A música da minha vida:  Essa prefiro responder quando estiver mais velho. 

6. Uma música que te enche de saudade:  Somewhere over the rainbow -  Israel Kamamawiwo

7. Se pudesse assinar seu nome e dizer "Essa música é minha", qual seria? Married Life

8. Três músicas de sua playlist 

1- The Way I Used To Be -The Scarlet Ending
2-  Living on Prayer - Bon Jovi
3- She Will Be Loved - Maroon 5

  Regras:

 Seguir o blog de quem lhe indicar: Primeiro Livro
 Repassar: Todos que receberem um comentário falando sobre o novo meme podem responder, quem quiser responder, também pode.

 

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Anjos e demônios #Resenha

Postado por J. Carl às 14:55 6 comentários

Anjos e demônios têm dois tipos de espectadores: os Brownmaníacos e os outros. Os primeiros, envolvidos no estilo e na leitura do primeiro livro “O código da Vinci” ou calejados (espero que esta palavra exista) pelo sucesso que ele foi, chegam preparados para qualquer coisa. 


 Mesmo que essa coisa, essa eventualidade, seja uma total reprise da aventura posterior de Robert Langdon. E, mesmo que o personagem principal não perceba alguma coincidência, é difícil não reparar os mesmo ingredientes utilizados tanto em “O código da Vinci” quanto em “Anjos e demônios”. Recapitulando, temos: um perito em alguma área, detentor de um segredo revolucionário; um assassinato; marcas estranhas; professor de simbologia de Harvard e, como não podia deixar de ser, uma coadjuvante bela e inteligente para fazer o par amoroso com Robert Langdon. Aliás, nessa parte o enredo é pouco original e muito forçado. E se você contar com a frase “Houdini fazia Ioga” parece mais um clichê Howlyoodiano. Parece e para a maioria (e não a totalidade) é.
Agora, o contexto da história é bem mais trabalhado e mais interessante do que a história previsível. Uma jornada pelas ruas de Roma, cheias de enigmas, segredos, e trama bem articulada. Pano de fundo? Pontos turísticos, belas paisagens e locais exóticos. Tudo muito bem descrito e situado. Somam-se à isso todas as revelações surpreendentes e dramáticas que vem à tona no final, em ritmo intenso, com segredos descobertos e todas as peças se encaixando, mostrando, uma vez mais, um novo mestre da ação do suspense e da trama inteligente. Isso sem falar de todas as escapadas sensacionais de Langdon que tornam o livro uma ótima pedida para qualquer leitor.
Já a narrativa, gostaria de esclarecer um ponto. Todo mundo por aí anda dizendo que Dan Brown consegue te prender e tudo. E prende mesmo, não é nenhuma novidade. Você prefere não dormir só para ler mais um capítulo – experiência própria. Mas vista de perto, descobre-se a boa e velha estrutura formal que se convencionou chamar “jornada do herói”, com o protagonista sendo lançado à uma jornada, hesitando, encontrando perigos, antagonista e vencendo desafios para no final salvar o mundo e a si mesmo (e com "mundo" quero dizer "só o Vaticano") .Isso permeado da sistematização, em que uma pista leva a outra, que leva a outra – a exemplo do filme “A lenda do tesouro perdido”.
Mesmo assim, continua clichê. E, mesmo que não seja tão vazio quanto O código da Vinci (agora o autor discute algumas metafísicas e teologia) não vou afirmar dessa vez que seja “leitura  industrializada vendida à um amplo mercado ávido por leitura fácil, vazia e efêmera” (até porque se considerarem meu gosto e referências literárias, também serei leitor passivo incluso nesse mercado). Mas a questão é: opinião, gosto. Veja só: existe o telespectador burguês que vai ao teatro por puro exibicionismo ou divertimento sim. Também existe o telespectador que quer ver alguma coisa a mais do que o simples enredo, a simples ação, quer ver arte, técnica. Entretanto não tem motivo classificar esses dois tipos de espectadores – um tem sempre um pouco do outro. Portanto, acabo a resenha recomendado este livro para quem curte entretenimento (primeira vez que faço isso. Nunca gostei. Resenha é para demonstrar uma opinião crítica, não para recomendar “isso” para aquele “tipo”. Ah, e não tem nada de errado em curtir entretenimento).


PS.: Eu, Noah, já havia feito uma resenha para este livro no meu blog. Esta é outra, inédita para o Skoobeiros - faz tempo que não posto aqui. Tentei não fazer o CTRL V, porém, mesmo assim, percebe-se algumas semelhanças, se você comparar as duas (mesma tese, mesmo colunista, rsrsrs).

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Primeira Promoção - Resultado

Postado por Livreiro às 16:17 5 comentários
Olá, hoje espero alegrar o dia de pelo menos uma pessoa, pessoa que ganhou vários marcadores, e vários livretos.

 
O nome da grande vencedora é: Elizabeth Lewis

Mandarei um e-mail a vencedora e se, infelizmente, ela não responder em 72 horas, ocorrerá outro sorteio.
O post fala sobre esta postagem.






sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O Pacto Secreto #Resenha

Postado por Livreiro às 19:08 4 comentários

 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos