quinta-feira, 24 de maio de 2012

O Hipnotista #Resenha

Postado por O Livreiro² às 18:54

Muito sangue e suspense nessa história aterrorizante que se passa na Suécia, fundamentada principalmente em torno do médico Eric Maria Bark, que no passado usava hipnose como meio de tratamento em seus pacientes, com profundos traumas, mas abandonou a prática após alguns episódios descritos na trama. Tudo começa com um massacre em uma família, onde só um dos filhos sobrevive, e o detetive responsável pelo caso, Joona Linna recorre aos trabalhos de Eric para hipnotizá-lo e assim descobrirem o que realmente aconteceu. A trama segue, cheia de traições, segredos, equívocos. Muitas coisas não são exatamente como aparentam ser. O assassino à solta que vai atrás da família de Eric, o retorno do uso da hipnose por parte do médico, desencontros.O livro prende bastante a atenção, mas assumo que contava com um final diferente. Ainda assim vale a leitura.

4 comentários:

Aione Simões on 24 de maio de 2012 19:58 disse...

Oi Gabriel!
Apesar do final não ter sido o que você esperava, parece ser uma ótima leitura que ainda espero poder fazer!
Beijos!

Cida on 24 de maio de 2012 22:54 disse...

Eu fazia uma ideia totalmente diferente deste livro, sua resenha foi bem esclarecedora.

Bjo!!
Cida
http://www.moonlightbooks.net/

Arthur Freitas (Satierff) on 25 de maio de 2012 07:19 disse...

Pior do que um livro não ser O Livro, é quando ele é muito bom, gera muitas expectativas e deixa a desejar no final.
Mesmo assim, pretendo aproveitar a leitura de O Hipinotista.

Grande abraço
satierff.blogspot.com
@osatierff

Sammy on 25 de maio de 2012 13:46 disse...

Interessante, hipnose, assassinato e investigação! Um dose que com certeza deve promover um livro muito bom! Gostei da resenha, vou procurar conhece-lo!

Bjs

www.daimaginacaoaescrita.com

Postar um comentário

O seu comentário é importante para nós. Comente. :)

 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos