terça-feira, 5 de julho de 2011

Entrevista com o Autor #1

Postado por Livreiro às 12:03

  
G. Brasman, autor do livro As Crônicas dos Senhores do Castelo, junto com G. Norris, nos concedeu uma entrevista, nossa primeira entrevista. Autor de um dos livros mais famosos da literatura moderna brasileira. Obrigado Brasman.




 Com que idade você começou a escrever e o que lhe motivou para iniciar a escrita de um livro?
Comecei a escrever aos 5 anos, quando fui alfabetizado ... brincadeira! Comecei a escrever "literatura" por volta dos 12 anos, ainda na escola, por que gostava muito de histórias fora do comum e, depois de ler alguns livros como Robson Crusoé e Eu Robô, senti uma vontade louca de escrever algo diferente. Então comecei a brincar de criar histórias. 

 No livro Senhores do Castelo como surgiram tantas personagens?
Tudo nos Senhores de Castelo surge conforme a necessidade da história. Algumas personagens são importantes para a história toda (como o Kullat por exemplo). Outros são necessários em algum momento específico, como Paes e Eses. O interessante é que a coisa flui naturalmente, sem que precisemos forçar nada.

 Qual a personagem que mais lhe cativa na sua obra?
Como autor, há vários personagens que temos um carinho maior. Outros, são criados pensando em alguém ou em uma situação. Especificamente do livro I, eu gostei do Zíngaro. Foi algo que surgiu de um desafio e ficou maneiríssimo. Dá até vontade de escrever mais sobre eles. 

 Qual a sensação de ter seu livro publicado e ter sido um dos maiores sucessos de venda juvenis do Brasil?
Sensação de que o primeiro passo foi vencido. Ser publicado no Brasil, atualmente, é um grande desafio. E ser sucesso de público é aqui neste país é um privilégio para poucos. Felizmente o livro I dos Senhores de Castelo é um sucesso, o que nos dá base para os próximos passos: continuação da saga e lanlamento de outros projetos do Multiverso Expandido, como os "Blogs do Multiverso" e o "1º Desafio de Contos do Multiverso" (no site www.srcastelo.com tem mais informações).

 Que livro atualmente, você indica para leitura?
Eu gostei de vários: a Ira dos Dragões é brasileiro e tem ilustrações do desenhista oficial do Senho dos Anéis (show!). Tem também o Vale dos Anjos do Schulai (outro brasileiro que tem futuro na literatura nacional). Gosto bastante de ficções juvenis, como Sou o Número 4, Percy Jackson e Harry Potter. Mas também gosto dos clássicos do Isaac Asimov.

 Além das Crônicas dos Senhores de Castelo ( e suas continuações ), você tem planos para outros livros?
Vixi! Que bom seria se tivéssemos tempo para tantas coisas que queremos contar. Temos vários projetinhos na gaveta. Mas por enquanto, o foco são os Senhores de Castelo.

 Como foi o processo para achar uma editora que publicasse seu livro?
Suado é a palavra correta. Avaliamos todas as alternativas possíveis, desde auto-publicação, livro sob demanda, importação, parceria, virtual ... enfim, todas mesmo. Mas como achávamos o projeto muito bom, continuamos a procurar pessoas que acreditassem no Multiverso assim como nós. Até que um dia um editor nos contatou e quis investir no nosso trabalho. Daí para frente, a história é conhecida: o livro teve uma excelente receptividade e , em menos de um ano, fomos convidados a fazer parceria com a maior editora da América Latina.

 Você gostaria que seu livro virasse filme, ou acha que o cinema brasileiro não iria conseguir passar ao telespectador a intensidade da sua obra?
Atualmente não conheço nenhuma produtora que tenha condições, técnicas e financeiras, para conseguir reproduzir o que imaginamos em formato de filme. Por isto, estamos buscando uma parceria com alguma empresa que queira se unir a nós em um projeto de animação, onde com certeza, conseguiríamos atingir um grau de qualidade necessário.

 Você poderia deixar ao menos uma frase do novo livro que você está escrevendo?
Ahhhh SPOILER então? Aí vai um pedacinho: "Há milênios os túneis e cavernas daquele complexo de vulcões são utilizados como seu ninho, onde centenas de animais protegem sua única rainha. Como ela coloca apenas um ou dois ovos a cada século,..." tcham tcham tcham tcham ... por ora não abro mais minha boca virtual rsrsrs

 Você estará na bienal de São Paulo em 2012?
Com certeza. Apesar de não ser tão perto, vou lá desde 2008! Vou, nem que seja apenas para passear!

 Qual dica você deixaria ao leitor que pensa ou está criando um livro?
Dica 1: escreva. Dica 2: escreva mais. Dica 3: se quiser publicar, corra atrás! Pode ser difícil, mas não é impossível!

 Obrigado por conceder a entrevista e pela atenção dada a esse garoto que ama incondicionalmente os livros. São autores como você que conseguem aproximar cada vez mais autores e leitores. Sucesso sempre.
Eu que agradeço pelo contato. São pessoas como você que nos fazem ser o que somos. E, além do mais, adoramos trocar idéias com os leitores e, sempre que podemos, respondemos aos emails/twitters. Se alguém quiser pode nos achar em contato@srcastelo.com ou no twitter: @GBrasman @G_Norris. Abraços!

                                                                        Att.  G.Pedro

1 comentários:

Pedro Girardi on 24 de julho de 2011 16:18 disse...

foi uma boa entrevista, sobre o autor do livro senhores de castelo...eu li o livro e gostei muito..recomendo aos jovems....e tambem aos adultos pois é uma viagem ao imaginário...

Postar um comentário

O seu comentário é importante para nós. Comente. :)

 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos