sábado, 14 de julho de 2012

Sangue Quente #Resenha

Postado por Pamela Moreno Santiago às 00:05
Bom dia gente! Sou a Pamela e estou aqui hoje colaborando com o blog do querido Gabriel. Só pra avisar, a resenha abaixo ja foi postada no blog ^^. Espero que gostem!




Sangue Quente
Autor: Isaac Marion
Editora: Leya
Nota:



Sinopse: R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa.

Nunca me apaixonei tanto por um zumbi como em Sangue Quente. R é doce, com um espírito de vencedor e não desiste de mudar o que é, mesmo que por vezes isso seja impossível. O cheiro da energia vital dos seres humanos é como se fosse o melhor aroma existente no mundo. O sabor do sangue, como se fosse o mais saboroso e antigo vinho.
Isso muda quando ele encontra Julie em um dia de caçada. Ele acaba devorando e matando o namorado dela, Perry, e a partir de então ele não deixa a mente de R em paz. Lembranças de momentos vividos ao lado dela vêm a tona a todo momento. Com ela, ele aumenta a possibilidade da fala e se expressa melhor. Com ela, ele descobre o que é o amor após a morte.
O enredo traz a realidade não somente uma história clichê de zumbis, mas também um reflexo da sociedade, da natureza humana, com sua beleza e sua podridão.
O final é surpreendente, pois traz uma característica que a maior parte dos livros, filmes e seriados sobre o tema dizem ser impossível de ocorrer.
Outro ponto interessantíssimo foi a diagramação que a Editora Leya deu ao livro. A cada início de capítulo vem com o desenho de uma parte do corpo humano, tendo tudo a ver com a temática do mesmo, além da folha amarelada, que é melhor para se fazer a leitura.
Diferente de outras editoras, a revisão e tradução estão impecáveis. Não pude perceber nenhum erro de grafia, ortografia ou de termos encaixados sem sentido. Só tenho a parabenizar!
E fica a dica para quem gosta de livros com teor “sobrenatural”. Já está sendo rodada a filmagem de Sangue Quente, que tinha previsão de lançamento para este ano. No momento, as informações indicam que deve ser lançado em 1 de fevereiro de 2013 no exterior e sem previsão de estreia no Brasil. A direção fica por conta de Jonathan Levine. Abaixo, uma foto referente ao meu amado R, nas filmagens do filme:


Sobre o autor: Isaac Marion nasceu em Washington em 1981 e viveu toda a vida na zona de Seattle. Teve vários empregos bizarros, incluindo entregar camas hospitalares a doentes em estado terminal e supervisionar visitas parentais com crianças entregues à tutela do Estado. Não é casado, não tem filhos, não tem estudos universitários e nunca ganhou prêmios literários. Sangue Quente é o seu primeiro romance.

Originalmente no blog O Leitor: http://oleitor2.blogspot.com.br/



1 comentários:

Rodrigo C. Borges on 14 de julho de 2012 00:13 disse...

Estou muito ansioso para ler esse livro!
Primeiramente porque eu achei a capa dele muito linda e porque desde a primeira vez em que eu li a sinopse dele eu percebi que ele não era mais um livro com uma história comum de zumbis, afinal pelo o que parece o zumbi se apaixona pela humana.
Embora eu ache que o autor está forçando os limites da razoabilidade formando um romance assim eu estou bem curioso para saber como ele desenvolveu essa relação.
E eu preciso me apressar com a leitura do livro pois o filme já estreia no comecinho do ano que vem.
Abraços.

http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

Postar um comentário

O seu comentário é importante para nós. Comente. :)

 

Confins da Leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos